O que significa Planejamento Estratégico


por Jean Macedo, Dezembro de 2012

Planejamento estratégico, na maioria das vezes, é a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa. Planejamento estratégico deve ser a base de muitas decisões do núcleo gestor de uma empresa.

No livro Contemporary Business de Boone e Kurts, está destacada seis etapas que um planejamento estratégico bem-sucedido deve seguir: a definição da missão da empresa, avaliação da posição competitiva da empresa, estabelecer objetivos organizacionais, criar estratégias para a competição, definir objetivos organizacionais, criar estratégias para a diferenciação competitiva, implementação de estratégia, e avaliação de resultados e aprimoramento do plano.

Ler tudo...

 

Google assume uma nova postura sobre Direitos Autorais: saiba o resultado

Por: Jean Macedo
Publicado na revista Facebrasil em Outubro de 2012


O site de buscas Google responde atualmente por mais de 66 por cento de todas as buscas on-line nos EUA. Sabendo da importância do Google no mercado, os empresários devem manter olho bem aberto sobre as enormes quantidades de alterações que o Google fez em seu algoritmo de busca, especialmente um, que pode ter sérias implicações para resultados da pesquisa do seu website.


A partir de sua última atualização, o Google está agora levando em conta o número de pedidos de remoção baseados em direitos autorais que recebe de um site. Websites que receberam avisos de remoção, pois contêm violações aos direitos autorais de outros podem ter seus resultados bastante prejudicados no ranking de buscas do Google, ou pior, podem até mesmos ser removidos completamente dos resultados de busca.

Avisos de remoção baseados em infração a direitos autorais são normalmente registrados quando um titular de direitos acredita que o seu conteúdo (fotos, vídeos, ilustrações, artigos, arquivos de áudio, etc) foi usado sem sua permissão. Assim, uma foto postada no blog de sua empresa que você copiou do Google Images, por exemplo, sem a permissão do dono pode influenciar e muito na posição do seu site no ranking de pesquisas do Google.

O Relatório de Transparência do Google mostra todos os pedidos Google recebe para remover conteúdo que viole direitos autorais de seu índice de pesquisa. De acordo com o relatório, o gigante das buscas já registrou mais de 4,6 milhões de pedidos de remoção apenas nos últimos 30 dias. Esse número já é maior do que o número total de pedidos recebidos durante todo o ano de 2009.

 

Read more...

 

Crie seu site de vendas diretamente no Facebook

Por: Jean Macedo
Publicado na revista Facebrasil em Agosto de 2012


Esta semana li uma reportagem sobre uma americana, Mandie Miller, que após o nascimento do primeiro filho, foi obrigada a abandonar seu emprego de repórter para cuidar da criança. Como estava em casa passou a fazer bolos e tortas para amigos, apenas por diversão. Depois de um tempo a resposta foi tão positiva que em 2009, Mandie começou o seu pequeno negócio de tortas.


Mandie criou um site para sua empresa e cerca de cinco meses depois sua irmão criou uma página no Facebook para a empresa e a partir desse momento o negócio começou a crescer. A quantidade de pedidos mais que dobraram e agora Mandie já não consegue atender toda demanda.

A empresa de Mandie é parte de uma nova onda de comércio on-line: F-commerce. Especialistas em redes sociais dizem que o termo foi cunhado em 2009 para descrever o crescente número de empresas que vendem através de uma página do Facebook. Payvment, uma start-up que fornece suporte para transações comerciais do Facebook, diz que tem 170.000 clientes e está fechando contratos com cerca de 1.500 lojas uma semana, a maioria com menos de cinco empregados.

O aumento de F-commerce tem sido em grande parte aleatório, algo que o Facebook não instiga ou promove. Um porta-voz se recusou a discutir o fenômeno, exceto a reconhecer, "Os varejistas estão experimentando em várias maneiras."

Read more...

 

Facebook e a sua privaidade

Por: Jean Macedo
Publicado na revista Facebrasil em Setembro de 2012


A última novidade do Facebook, em relação a propaganda, pode incomodar muita gente preocupada com privacidade. Para falar a verdade, podemos dizer que hoje em dia, o Facebook tem mais informações sobre você e seu comportamento online do que sua própria mãe, esposa ou namorada e agora pretende usar essas informações para fazer anúncios ainda mais de acordo com seus interesses e vontades. Mesmo quando você está fora do Facebook.


Na segunda semana de Junho, a rede social começou a testar um novo serviço, o Facebook Exchange (FBX), que permite possíveis anunciantes comprar anúncios no Facebook, baseados na atividade dos usuários quando não estão no Facebook.

Parece complicado mas é bem simples, vou explicar. Anteriormente os anúncios no Facebook eram baseados nos “Likes”, nos interesses listados nos perfis, localização e outras informações compartilhadas pelos usuários no Facebook, agora o que acontece é que os anunciantes também tem a disposição informações sobre os interesses dos usuários além do Facebook.

Através de um sistema de “cookies” o Facebook pode monitorar seu comportamento online e com essas informações o Facebook Exchange permitirá que anunciantes apresentem, em tempo real, anúncios de acordo com o que você está buscando naquele momento.

Read more...

 

Redes Sociais e email marketing podem trabalhar juntos

Por: Jean Macedo
Publicado na revista Facebrasil em Julho de 2012


Marketing através de redes sociais está na moda, e-mail marketing não. Redes sociais estão vivas, email está morto. Essa é a percepção que as pessoas tem da realidade, mas será este realmente a realidade?


Os profissionais de  marketing sabem que redes sociais e emails trabalham bem juntos, então, consequentemente, eles se completam. Juntos são mais efetivos que separados.

Segundo o website silverpop.com, pesquisas recentes mostram que pessoas que fazem uso de redes sociais verificam seus emails com muito mais frequência que pessoas que não usam nenhum tipo de rede social. Em média 42% dos usuários de redes sociais checam seus emails 4 ou mais vezes ao dia, comparado com 27% que não fazem uso de redes sociais.

E melhor ainda, segundo a mesma pesquisa, 63% das pessoas usam o seu email pessoal para as contas em redes sociais.

A conclusão é que as mensagens de email enviadas para essas pessoas são mais vistas e possivelmente mais lidas.

Read more...

    Thanks for visiting my website. Hope you like it.

    Copyright 2012 - All rights reserved.